Aparelho Auditivo Powertone F-138 – um review

Aparelhos auditivos costumam ser caros. Não tanto por causa do aparelho em si, mas sim pelo que está por trás: consultas médicas, personalização, suporte técnico. Investe-se no mínimo uns R$ 500,00 nisso logo de início, podendo chegar a alguns milhares de reais, dependendo do caso.

Meu irmão está com uma perda auditiva notável faz algum tempo e vinha se isolando muito ultimamente. Na última consulta com um ornitorrincolaringologista, uma limpeza não foi o suficiente. O médico sequer propôs o uso de um aparelho, não sei por quê. Provavelmente porque não é irmão dele.

Nos meus passeios no DealExtreme acabei topando com vários modelos de aparelhos auditivos do tipo retroauricular, que são aqueles que ficam pendurados atrás da orelha. É o tipo mais simples e barato que existe, sendo indicado para uso geral, tanto para perda auditiva leve como moderada. Por apenas dez doletas, resolvi arriscar e comprei logo dois do modelo com melhores reviews e notas, que atualmente é esse aqui.

Os gadgets chegaram essa semana depois de um mês e pouco de espera. Como o resultado foi bastante interessante, achei por bem compartilhar. Publico aqui mais um dos meus famosos reviews.

Apenas para que você não torça o nariz logo de cara, aviso que tenho ótima audição, além de ser músico e manjar das putarias eletrônicas, então posso discorrer sobre o assunto com alguma propriedade, ok? Duvido que existam muitos otorrinolaringologistas que possam dizer o mesmo.

Na caixa com acabamento que realmente impressionou pela qualidade, vêm, além do aparelho, duas almofadas ou adaptadores de silicone de diferentes tamanhos, uma pecinha extra de conexão earphone/adaptador, duas baterias AG13 de 1,5 volt e o manual de instruções.

Em termos simples, esse aparelho é apenas um mini amplificador de som ligado a um microfone, provavelmente de eletreto igual ao que você usa no computador, e um pequeno altofalante comum usado em fones de ouvido.

As especificações técnicas são as seguintes:

  • Controle com 4 níveis de volume
  • Usa 1 bateria AG13 de 1,5volt
  • Intensidade máxima: 130 +/– 5dB
  • Sensibilidade ou ganho: >= 50dB
  • Distorção: =< 5%
  • Nível de ruído: =< 30dB
  • Frequência de resposta: 300Hz a 4000Hz

Nada mal para um aparelho tão barato, imagino que isso se deva ao fato de ter uma tecnologia simples e consolidada. O espectro de frequência situa-se numa faixa aparentemente estreita, mas é aí que passeia a voz humana. Não é um aparelho para melhor apreciar Chopin, é para entender uma conversa. De fato, uma faixa mais estreita pode ser mais vantajosa dependendo do caso. A título de comparação, um par de fones de ouvido comum responde entre 20Hz a 20000Hz, que é todo o espectro inteligível pelo ouvido humano.

A sensibilidade é suficiente, embora maior fosse desejável. A potência sonora também está de bom tamanho. Os únicos itens preocupantes são o nível de ruído e de distorção, que estão condicionados intimamente a qualidade do circuito.

Outros pontos negativos: nem sempre o corpo do aparelho se acomoda bem atrás da orelha e a almofada pode não ficar suficientemente encaixada no canal auditivo. Essas duas coisas podem gerar realimentação sonora, conhecida como microfonia, que produz um apito desagradável. Percebi que o aparelho facilmente produz microfonia.

 

Usei o aparelho por alguns minutos. É estranho para quem escuta normalmente pois toda a percepção dos sons ambientes muda para pior. Se você já ouviu com fones de ouvido alguma gravação feita com aqueles minigravadores, sabe mais ou menos como é. O resultado é oposto para quem não ouve bem, pois com ele fica mais fácil perceber os sons ao redor, principalmente diálogos.

 

Na parte traseira estão o botão de volume e o de ligar/desligar. Na parte de baixo fica o compartimento da bateria, que é um tipo de gaveta. A durabilidade da bateria é um mistério por enquanto e deve depender muito da qualidade dela e do nível de volume que se usa no aparelho. As baterias que vieram junto provavelmente são das mais baratas. No DealExtreme é fácil encontrar cartelas com 50 ou 100 baterias por um preço que faz qualquer ambientalista chorar clorofila.

 

O manual é completo na medida do possível, dando ênfase no que se refere a manutenção. Achei excelente a qualidade material do aparelho. O acabamento é muito bom, dá uma boa impressão de durabilidade, o que é estranho por um preço tão baixo. Agora, se vai durar mesmo, só o tempo dirá.

 

Conclusão

Se você tem algum parente ou amigo cuja perda auditiva esteja prejudicando o convívio social, que seja refratário a visitar médicos ou mesmo pobre demais para comprar um aparelho melhor, essa pode ser uma opção fácil e barata. Mas vamos combinar que é muito importante consultar um médico antes de qualquer coisa, ok? O aparelho não faz milagres e apenas um profissional pode definir qual a melhor solução para cada caso. É preciso ter muita atenção e cuidado com as coisas que você enfia nos ouvidos.

Anúncios

Um comentário sobre “Aparelho Auditivo Powertone F-138 – um review

  1. Legal a sua publicação mas o nome do especialista citado logo á cima é OTORRINOLARINGOLOGISTA você colocou: ornitorrincolaringologista imaginei que estivesse falando do animalzinho encontrado na Austrália: ONINTORRINCO rsrs. Mas acabei de saber deste aparelho, sei que tem riscos mas no meu caso, preciso de dois, mas um parou e o outro esta chiando muito e com mau contato, se parar de vez ficará pior pra mim. MAs tudo de bom pra você e seu irmão!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s