Ando escrevendo pouco

e lendo muito. Além de todos os sites e blogs que sigo através de RSS, estou tentando manter um ritmo regular nas minhas leituras de livros, mas evitando ler mais de um por vez. Tenho muitos pra ler e a vida é curta, você sabe, mas não adianta querer adiantar o bonde. Também não faz sentido ler apressadamente porque tenho a cabeça bem dura e preciso ler com calma pra absorver alguma coisa.

Meus projetos sofreram alguma modificações. Eu definitivamente desisti de estudar Linux. Peguei um pouco de nojo por causa do Nautilus, que é uma espécie de Windows Explorer em modo econômico, ou seja, sem recursos. Meio frustrante ver isso numa distribuição de ponta como o Ubuntu. Podia buscar outro gerenciador mas, enfim… sei lá, não era pra ser, desanimei de vez.

No piano estou marcando passo, pratico bastante os exercícios básicos mas sem progredir. Empaquei porque chegou o momento de olhar para a partitura, então preferi permanecer um tempo em ponto morto porque não estava com cabeça disposta. Agora acho que vou engrenar uma segunda.

Terminei de ler um livro fantástico chamado O mundo assombrado pelos demônios: a ciência vista como uma vela no escuro, de Carl Sagan. Uma ode ao conhecimento e a luz da ciência. Bem, o livro é odiado por muitos mas é uma referência para céticos. Pois, vejam só, virei um cético! Não sei se foi minha nova dieta que bagunçou minha cuca, mas de uma hora para outra eu parei de acreditar em muitas coisas que cresci tendo como certas. Estou mais cético do que nunca e ao mesmo tempo me sinto muito bem. Estou tranquilamente deixando para trás uns 75% do que acreditei ser verdade durante minha vida até hoje. Não que o livro tenha me influenciado sobremaneira, mesmo porque eu já estava nessa onda de desencanto, mas eu vinha vindo de uma crescente descrença perplexa e ele me ajudou a entender melhor algumas coisas e, de alguma forma “mágica”, me tranquilizou.

Meu arcade? Está lá na oficina esperando pacientemente que meu irmão faça o combinado e execute o revestimento com o laminado de fórmica. A preguiça dele ajuda porque estou sem grana pra gastar nesse trambolho. Sim, estou meio arrependido de ter começado. Claro que vou terminá-lo, promessa é dívida, mas claro também é que toda dívida pode ser parcelada.

Tenho duas novas ocupações! Há algum tempo descobri que o domínio pirassununga.org estava livre. Isso é um achado, mesmo sendo o nome de uma cidade minúscula e irrelevante no interior paulista, mas ao mesmo tempo é o nome da pinga mais famosa do mundo. Rapidamente registrei, meio sem ideia do que fazer com ele. Acabei criando um portalzinho com clippings de notícias da cidade. Mantê-lo atualizado tem me tomado algum tempo. Não sei o que esperar dele, por enquanto estou seguindo nesse ritmo na esperança de que com o tempo o Google me traga uns caraminguás.

Por ultimo, outra coisa mágica causada pelo livro de Carl Sagan foi me dar um estranho e louco desejo de aprender matemática. Digo, aprender direito. Uma ciência base de todas e acessível a todos, até para mim. Por que não? Meus conhecimentos se resumem ao que aprendi no primeiro grau, mal e de forma traumática. No segundo grau técnico de magistério, a matemática foi fracamente abordada. Na faculdade, apesar de dura, foi bem específica e limitada. Eu não sei nada de matemática. Então voltei a estudar, sozinho mesmo. A princípio eu busco o prazer de saber por saber, mas é sempre bom pensar que aprender matemática de modo eficaz agora pode vir a ser útil no futuro.

E tudo isso tem tomado meu tempo de maneira que me obriga a ser mais organizado e disciplinado, o que é excelente.

É isso aí.

 

“Deixe sua mente aberta, mas não tão aberta que o cérebro caia pra fora.” Carl Sagan

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s