Eu voltei pra você, meu querido Windows Live Writer!

Ao pular do Windows 7 para o Ubuntu, a única coisa que me fez falta de verdade foi o Windows Live Writer. Nunca achei um substituto que me satisfizesse. Há muitos programas em Linux para criar e postar em blogs, mas todos invariavelmente tem alguma limitação ou detalhe que incomoda um escritor fresco como eu. Na falta de solução, me acostumei a usar apenas a interface web do WordPress que, na minha humilde opinião, não é lá grande coisa.

Primeiramente tentei usar apenas Linux no meu notebook, depois me vi forçado a criar um dual boot com Windows, porque volta e meia precisava dele pra algo específico.

Minha vida com Linux tem sido meio conturbada, principalmente depois da última atualização do Ubuntu, que o deixou com outra cara e com alguns bugs irritantes. E por medo de alguma merda travar tudo e me fazer perder arquivos, agora volto de novo pro Windows 7 em regime exclusivo.

Não que eu tenha desistido do Linux, não é isso. É que no Windows tudo é mais fácil. Usar Linux é como nadar contra a corrente o tempo todo. Várias coisas te compelem para trás. É uma luta constante e sem trégua. Estou um pouco cansado de brigar contra o “the man” e contra o sistema!

O que pretendo fazer é montar um desktop simples para testes e instalar um Linux nele. Pra fuçar mesmo, sem medo de fuder tudo, como vinha ocorrendo no notebook. Medo é uma coisa que segura a gente até mesmo na hora de aprender.

E esse post é pra contar isso tudo e também pra testar se o Live Writer tá funcionando bem 🙂

Anúncios

4 comentários sobre “Eu voltei pra você, meu querido Windows Live Writer!

  1. É bom que não tenha desistido do Linux. É um excelente sistema operacional. E existem maquinas virtuais para emular Windows.
    E existe o programa Wine para executar programas Windows no Linux. Embora ele não execute o Live Writer. E você não gosta muito dos programas alternativos a ele.
    Mas continue tentando o Linux. É muito melhor que o R$uindows. É ideologicamente melhor ser livre por escolha própria que ser escravo da pirataria e de um sistema operacional de segunda linha.
    Ou você só usa programas licenciados?

    Curtir

  2. Roberto. Se vc usa poucas coisas do windows, eu te aconselho a ficar com o Linux na máquina e criar uma máquina virtual com windows, onde vc usaria todos os programas numa boa. E te digo por experiência própria: o windows roda até melhor numa máquina virtual, rs… Procure por um programa que se chama VirtualBox e faça um teste. Abraço

    Curtir

  3. Cara o melhor sistema operacional é aquele que faz o que precisamos que ele faça.

    Não invista tempo em algo que não vai te trazer ganho.

    Se saber linux vai ser importante para você, aconselho manter uma máquina virtual em seu computador para brincar.

    Caso contrario desista do linux e não se sinta mau por isso, estudo web, blog, php, sei lá o que achar que vale a pena.

    Se for estudar linux veja o guiafocalinux http://www.guiafoca.org/

    Curtir

  4. Exatamente a única coisa que me impede de migrar para o Ubuntu é o Windows Live Writer. Edito três blogs e não vejo como abrir mão desse programa excelente e espero alguma solução no futuro para esse dilema.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s