Homo homini lupus

A maioria de nós não tem um conhecimento claro sobre as filosofias políticas. Inclusive, muitas vezes sustentamos opiniões notadamente socialistas e no entanto nos definimos como sendo “de direita”. Ou então o contrário, pregamos a igualdade total mas jamais abriríamos mão de algo tão bom como o sistema de meritocracia capitalista.

A origem de nossas opiniões pessoais sobre o que é bom ou ruim está arraigada muito profundamente na nossa alma, juntinho lá do lugar onde o modo como vemos o mundo plantou as suas raízes.

Por uma questão de sanidade ou sobrevivência, as vezes vemos as coisas de maneira a não confrontar nossos valores mais profundos. Porém, não é difícil compreender realmente o porquê de nenhum sistema de governo e organização politico-social funcionar.

Absolutamente todos são utópicos e falham miseravelmente quando postos em prática porque o homem é lobo do homem. Por mais avançado e sofisticado que seja, um Estado nunca será capaz de suplantar isso.

Mas não era sobre isso que eu queria dissertar hoje. Não, não era.

Infelizmente, é um assunto muito íntimo e eu prefiro, na maioria das vezes, não versar nesse terreno, você sabe.

Por isso, me recolho à minha concha e termino essa digressão deixando aqui esse vídeo de uma singela canção-protesto que costuma ser entoada pelos putos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s