A gente precisa entrar em contato?

roger1Algumas das melhores teorias de conspiração são aquelas que supõem a existência secreta de contato comercial e político entre os humanos e ETs, inclusive com a grande evidência de haver troca de tecnologia “marciana”. De onde você acha que veio a idéia dos microchips? Já reparou que houve um grande salto tecnológico a partir dos anos 40? Pesquise sobre Roosevelt e você descobrirá toda a verdade. Ou não.

É melhor você nem querer saber. Isso não muda em nada nossa vidinha e só põe minhoca na sua cabeça.

Lendo esse artigo no Ceticismo Aberto, lembrei que já fui mais ligado nesses assuntos mas que não estou perdendo nada.

Sinto que qualquer crença de que realmente estejamos sendo visitados por discos voadores me abandonou há algum tempo. Estou seguindo um raciocínio bem simples: lembre das antigas fotos e filmagens de supostos OVNIs, todos borrados, tremidos, desfocados e ambíguos. Agora veja a quantidade de câmeras digitais de alta resolução que estão na mão das pessoas comuns inocentes e repare que as fotos e vídeos continuam com a mesma qualidade que tinham nos anos 80. Aí está. Mais um  mito que cai. Não precisa me agradecer.

roger2Por outro lado, assim como o ovo e o café vão de heróis a vilões de acordo com o humor dos nutricionistas, também a existência de planetas habitáveis e passíveis de conterem vida vão de 0 a bilhões, seguindo os caprichos, digo, as pesquisas das mentes brilhantes da NASA.

Segundo dizem aqui nessa matéria do JB, são “46 bilhões de planetas do mesmo tamanho que a Terra” a uma distância adequada dos seus respectivos sóis, o que propiciaria o surgimento de vida, além de possivelmente conterem o precioso líquido necessário para isso, a água.

46 bilhões? Só na nossa galáxia? É planeta demais, meu Deus!

Eu fico preocupado, afinal é possível que uma boa parte deles esteja pululando de vida e prontos para explodirem espalhando suas sementes por todo o cosmo. Eu, Regina Duarte e Stephen Hawking temos medo. Vai que a nossa terrinha seja o novo mundo na mira de alguma raça mais poderosa? Eles podem aparecer com suas naves enormes e nos transformar a todos em comida ou, na melhor das hipóteses, em escravos.

Já pensou, maluco? Você levando chicotada nas costas, de um bicho cinza e cabeçudo?

Independente de qualquer coisa, seria uma longa viagem até aqui. Certamente chegariam cansados demais pra brigar. E acredito que estamos corretamente preparados para receber os estrangeiros. Claro que não de braços abertos, mas com cautela. Ao menor sinal de hostilidade e zaz!, damos cabo deles. Ou não?

De mais a mais, o que anda voando por aí, é coisa daqui.

lider

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s