Positivo Alfa – um review

Está aqui nas minhas mãos o Positivo Alfa, aparelho leitor de livros digitais recém lançado pela afamada empresa Positivo, conhecida pela venda de desktops, notebooks e netbooks baratos que são terror e alegria das assistências técnicas.

kit A princípio o aparelho foi proclamado como sendo um orgulho de tecnologia e concepção brasileira, tanto no hardware como no software, mas isso não é verdade. Houve um mal entendido ou um equívoco estratégico.

O fato é que o aparelho foi criado pela empresa tailandesa Qisda (que faz parte da BenQ).

No começo de 2010, para ser vendido nos EUA, o e-reader modelo QD060B00 foi registrado no FCC (veja aqui algumas curiosidades técnicas). O aparelho tem rodado o mundo com nomes e marcas diferentes (veja a versão espanhola e italiana). Também é conhecido na China como N618 da 4FFF. Veja nesse link as características técnicas do aparelho a venda na versão completa.

No vídeo você confere a apresentação do protótipo (com tela maior):

Não fique animado ao ver todas as funções apresentadas pelo sujeito com mãos de bruxa. A Positivo desabilitou áudio, browser e Wi-Fi na versão tupiniquim para tentar reduzir impostos (e nem conseguiu). O aparelho acabou vindo com limitações e um preço alto. [ATUALIZAÇÃO: No próximo post ensino em primeira mão um truque para desbloquear seu Positivo Alfa]

Resta saber se nos próximos lotes o aparelho terá todas as funções habilitadas e se será possível habilitá-las nos primeiros aparelhos. Não fosse esses pequenos detalhes, o Positivo Alfa deixaria o Kindle sem espaço no Brasil. Estando completo, aparentemente se torna superior ao aparelho gringo.

TABELA COMPARATIVA KINDLE 3 X ALFA

Característica Amazon Kindle 3

kindle3

Positivo Alfa

positivoalfa

Preço R$ 550,00 (com Wi-Fi)
R$ 750,00 (com Wi-Fi e 3G)
De R$ 600,00 a R$ 700,00
Tela SVGA (600×800), 6 polegadas, tecnologia e-paper da E-Ink SVGA (600×800), 6 polegadas, tecnologia e-paper da SiPix
Nível de cores 16 tons de cinza 16 tons de cinza
Sistema operacional Linux 2.6.1 Linux 2.6.21
Dimensões e peso 123 x 190 x 8,5 mm – 247g 124 x 170 x 8,9 mm – 240g
Entrada de dados Teclado qwerty Touchscreen – teclado virtual
Conectividade Wi-Fi, 3G, USB USB
Memória e capacidade 4GB (perto de 3500 livros) 2GB (perto de 1500 livros), expansível até 32GB com cartão micro SD
Duração da bateria 10 dias com Wi-Fi ligado 10000 viradas de página
Suporte a áudio Sim, Text-to-Speech, mp3 Não
Formatos suportados AZW, TXT, PDF, Audible (Audible Enhanced (AA, AAX)), MP3, unprotected MOBI, PRC nativo. HTML, DOC, JPEG, GIF, PNG e BMP através de conversão ePub e PDF com e sem DRM, HTML e TXT

O que me leva a dizer que o Alfa poderia ser superior ao Kindle é a capacidade de expansão da memória através de cartão micro SD e o fato da tela ser touchscreen, o que possibilita ao aparelho ser menor e mais leve. É fácil equilibrar o Alfa numa mão só por bastante tempo, já o Kindle não são todos que conseguem. Outro ponto negativo para o Kindle é que não existe suporte técnico no Brasil e a importação é um exercício de paciência. Enquanto o Kindle fica fechado no mundo da Amazon, o Alfa lê formatos abertos, sem falar que não é preciso fazer malabarismos para comprar um.

Venhamos e convenhamos, o único defeito do Alfa é a marca, que tem reputação baixa quando o assunto é qualidade. Esperamos que essa problema esteja sendo sanado.

Mas vamos ao que interessa! O leitor de e-books em campo.

LENDO

Basta pôr os olhos na tela para ver que a tecnologia e-paper é uma benção dos céus. É possível ler horas seguidas sem cansar os olhos, como acontece sempre com telas LCD. A tecnologia usada na tela do Alfa é da SiPix, o mesmo tipo do E-Ink do Kindle. Para perceber melhor a diferença entre uma tela LCD e uma e-paper, veja esse post.

A tela tem bom tamanho, 9 x 12 cm, algo entre um livro normal e um de bolso. Olhando para a tela você tem a sensação de olhar algo realmente impresso. A diferença é a cor do “papel”, que gira em torno de um prata-verde-cinza, muito próximo ao costumeiro cinza windows.

É possível regular o tamanho da fonte e só, por isso é importante que o livro tenha sido convertido ou gerado de maneira adequada, já que isso se reflete em como ele será visualizado no aparelho.

O Alfa tem peso equivalente a um livro de 150 páginas e é bem fino. Pode ser segurado com apenas uma das mãos sem cansar. Um recurso muito interessante e útil é que quando você “deita” o aparelho, a orientação do texto se adapta. Essa função pode ser desligada se você costuma ler deitado. Ponto negativo: os botões são excessivamente duros e não são emborrachados. Aliás o acabamento, a textura da caixa toda, é um pouco áspera demais.

VIRANDO PÁGINAS

Ouvi gente reclamando sobre uma demora excessiva ao virar páginas. Tenho a impressão de que é tão demorado quanto virar uma página de verdade, não há razão para desespero. Porém alguns comandos as vezes demoram mais que o normal. O mais notável acontece no ato de se digitar notas, onde há um delay (isso foi notado também pela Bia, do blog Garota Sem Fio). Você pode usar os botões de navegação ou toques na tela para mudar as páginas. Um detalhe importante é que alguns livros em PDF são mais demorados na utilização.

FAZENDO ANOTAÇÕES E CONSULTANDO O DICIONÁRIO

Um toque no botão MENU e outro no ícone correspondente abrem uma pequena janela na parte inferior da tela. Então, basta tocar uma palavra para que seu significado seja exibido, direto do Dicionário Aurélio incluso no aparelho. Anotações e marcas são feitas de forma semelhante. No caso de anotações, o teclado virtual surge e você pode digitar suas notas. Anotação e marcador são referentes a página em que você se encontra.

PDF

Entenda, PDF é um formato criado para impressão fiel de documentos, não é um formato adequado para livros eletrônicos. O leitor da Positivo lê arquivos PDF, mas nem todos serão bem diagramados na tela. Os formatos ideais para livros eletrônicos são HTML, TXT e o formato oficial, ePub. O ideal é sempre tentar converter para ePub ou HTML. TXT nem sempre é adequado pois não permite o uso de negrito, sublinhado, riscado ou itálico.

VALE A PENA COMPRAR UM POSITIVO ALFA?

Eu diria que a primeira pergunta que deve ser respondida é se você é um leitor intensivo ou não. A segunda é se você é da tribo dos adoradores de papel ou não. De modo geral, um e-reader é indicado para quem gosta ou precisa ler muito ou tem o hábito de ler dois ou mais livros concomitantemente.

A facilidade de poder andar por aí com milhares de livros embaixo do braço, impressiona. A médio e longo prazo você economizará muito dinheiro na compra de livros. Na Internet você encontra tudo que está em domínio público (quase todos os clássicos) grátis para download. Também começam a surgir versões eletrônicas de livros lançados por grandes editoras, também livros técnicos e científicos. O preço de livros digitais muitas vezes é igual ao de papel, mas a tendência é uma queda rápida. Claro que, por outro lado, se você é um navegante pirata sem honra e sem lei, o céu é o limite, já que a digitalização e distribuição gratuita (e ilegal) de livros famosos e de sucesso está a todo vapor.

Eu diria para você aguardar um pouco: é de se esperar que em breve o aparelho da Positivo venha com mais funções e menor preço. Também é possível o surgimento rápido de concorrentes brasileiros com melhor custo/benefício.

*****

Leia também o review da Garota Sem Fio.

Fontes e mais informações:

http://colunasdehercules.blogspot.com/2010/08/e-readers-nova-mania-mundial.html

http://www.amazon.com/gp/product/B003FSUDM4?ie=UTF8&tag=kindle3reviewbestereaders-20&linkCode=as2&camp=1789&creative=390957&creativeASIN=B003FSUDM4

http://www.gamevicio.com.br/i/noticias/50/50402-kindles-novos-com-os-dilemas-tributarios-de-sempre/index.html

http://www.wirelessgoodness.com/2010/03/01/qisdas-qd060b00-ebook-reader-makes-an-appearance-on-the-fcc/

http://www.engadget.com/2009/11/19/benq-bringing-nreader-e-book-reader-to-asia/

http://editoraplus.org/blog/kindle-3-no-brasil-bom-e-barato/

Anúncios

7 comentários sobre “Positivo Alfa – um review

  1. como estou morando na italia ja me empolguei e pensei pô agora sim vai ser bem mais barato vou comprar um por aqui mesmo, cliquei no seu link para a versão italiana e quando vou ver o preço é €339 caraca não sei o que esse povo anda pensando pra por uns preços absurdos assim em um e-reader aqui na italia com 339 euro da pra comprar um netbook sony vaio, fora que a amazon entrega o kindle na italia por apenas €139, os caras não sabem ser competitivos com o mercado mesmoooo

    Curtir

  2. Minha Esposa comprou um leitor de e-books Positivo Alfa e me deu de presente. Com uma semana ele apresentou defeito: a tela ficou completamente escura e borrada, levei na assistência técnica H2 Informatica aqui em Brasília, a princípio eles nem sabiam o que era o equipamento, dias depois me disseram que a matriz do visor estava quebrada, como isso aconteceu não faço a mínima idéia.

    Só que o problema começa ai, disseram que por estar quebrado foi mal uso, até ai tudo bem, não sei como aconteceu ou se aconteceu comigo agora não vem ao caso.
    Simplesmente a positivo informou a técnica que não existe conserto, que teria que trocar o aparelho inteiro, como uma empresa desse porte, querendo popularizar os e-books, me bota no mercado um produto que se tiver problema já era, “perdeu malandro”, o aparelho é simplesmente descartável, repito: não faço a mínima ideia de como isso quebrou, ou se já veio da loja quebrado, eu gostaria que fosse consertado, pagaria pelo serviço já que me acusam de mal uso, mas não, perdi 799 reais. Vou procurar meus direitos na Justiça, a positivo não pode se furtar a consertar meu aparelho.
    Não esta escrito em lugar nenhum que não existe conserto para o aparelho, a positivo tem que conseta-lo.
    POR ISSO FICA MEU ALERTA, CUIDADO NÃO COMPREM O POSITIVO ALFA, SE DER PROBLEMA VOCÊS FICARÃO SEM PRODUTO, POIS A POSITIVO NÃO TEM CONSERTO PRO APARELHO!!!!!

    Curtir

    1. Você tem razão. A Positivo não treinou a assistência técnica para receber os aparelhos com defeito. Ouvi uma história parecida, mas houve a troca do produto sem custo para o cliente.

      Quanto a qualidade do Alfa, temos que lembrar que é um aparelho fabricado na China, onde o controle de qualidade é uma variável que é definida pela marca que encomendou o produto. Realmente creio que em caso de quebra, não há como substituir peças nele.

      Mas acredito que você conseguirá o dinheiro ou outro aparelho, sim. Procure o Procon. Dê uma olhada nesse site, pode ajudar: http://www.reclameaqui.com.br/

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s