Razões matadoras pra você não querer comprar produtos importados baratos pela Internet

E não só pela Internet, também na feira de domingo.

Olha! Um celular com câmera de 50 megapixels, bluetooth, wi-fi, cinco chips simultâneos, GPS, INPS, TV digital grátis, AM, FM, Ondas Curtas, já vem com Orkut e ainda faz empadas!

Comprei um smartphone da Samsung por R$ 800 há algum tempo. Agora, vejo lojas virtuais na Internet vendendo celulares de marcas obscuras com bem mais recursos que o meu, por apenas R$ 200, as vezes menos.

Os preços caíram tanto assim? Não. Não é essa a causa da diferença absurda de valores, o buraco é bem mais embaixo.

Se você está propenso a adquirir um celular ou outro eletrônico via Internet num desses muitos sites de importação, fique esperto, pode ser uma furada e não um “negócio da China”. Veja:

  1. Garantia – É uma ilusão acreditar que um site (ou o tio da barraquinha da feira) pode fornecer garantia de um celular que vem direto da China sem passar pelo INMETRO, originário de uma fábrica obscura onde não se sabe o que é ISO. Se o aparelho parar de funcionar depois de um mês, esqueça, jogue fora, junto com o dinheiro que você “investiu”.
  2. Marca e qualidade – Sim, de fato é burrice escolher um produto pela marca pois grife é coisa para otários, mas uma grande marca, como a Samsung por exemplo, tem um nome a zelar. Para preservar esse nome e fama conquistados com muito dinheiro, eles seguem padrões de qualidade internos e externos, por questões legais e por marketing. Produtos baratinhos importados não tem marca, ou pior, usam nomes forjados com má fé, para fazerem os míopes caírem no engano de comprar Somy por Sony.
  3. Responsabilidade social – “É você que financia essa merda!” Tenha sempre essa frase em mente ao ver pela televisão os chineses que se matam pulando de cima de suas fábricas por ficarem loucos trabalhando 12 por dia a troco de R$ 300 por mês.

Ainda não se convenceu? Vou ser mais claro: produto barato demais é, em 99% dos casos, produto pirata.

Hoje, se pirateia de tudo, de remédios à cigarros, de alimentos e roupas à celulares.

Produto pirata é baratinho. Você sabe por quê?

Cópia – Um produto como o telefone celular é desenvolvido numa espécie de laboratório, por engenheiros disputados a tapa e muito bem pagos, com muita técnica e tecnologia de ponta à disposição. O fabricante pirata é uma espécie de vampiro, que desmonta o produto original e simplesmente copia tudo. Ou seja, ele não precisa investir um centavo em desenvolvimento e registros de patentes e projetos.

Matéria prima de baixa qualidade – Quando o filho da puta do fabricante pirata escolhe as matérias primas que serão usadas na produção do objeto pirata, ele não segue os padrões preconizados pelos engenheiros que desenvolveram o produto. Ele escolhe o que for mais barato e se pareça com o material original. Tenha em mente que os engenheiros que desenvolveram o projeto original não escolhem o material ao acaso, eles fazem isso seguindo normas e especificações técnicas da indústria, e isso para obter o desempenho e a qualidade esperada e desejada.

Sem controle de qualidade – Também na linha de montagem, o produto original é rotineiramente avaliado, para que este saia da fábrica com o mínimo de possibilidade de falhar na mão de um consumidor. Se o fabricante pirata escolhe a matéria prima mais barata possível, você acha que depois ele vai ficar verificando se todos os recursos e funções do produto estão funcionando a contento?

Sem impostos – É impossível para as empresas sérias fugirem dos impostos, seja durante o processo de concepção e produção, seja nas vendas. Já a indústria da pirataria tem um dos seus atrativos justamente na sonegação de impostos. Como você sabe, apesar dos pesares, os impostos são revertidos em prol do bem comum. Se alguns não pagam, é injusto, é concorrência desleal, é filhadaputice.

Se apesar de tudo isso, você ainda quer comprar algo que, claro está, é produto falsificado, saiba que isso um dia vai se voltar contra você, e se prestar bem atenção, verá que isso já anda acontecendo.

Boa sorte.

Nota: acho que misturei um pouco os conceitos entre falsificação, pirataria e “plágio tecnológico”, mas isso tanto faz porque no final o resultado é o mesmo e quem se fode é sempre você.

Anúncios

Um comentário sobre “Razões matadoras pra você não querer comprar produtos importados baratos pela Internet

  1. Caramba…confesso que no meu desespero por comprar um celular o mais breve possível (pois fui assaltada recentemente e me levaram dois celulares e estou aguardando ligações para ser chamada em dois empregos), ao ler este artigo me convenci em não comprar mais um desses importados, embora a coisa esteja “preta” pro meu lado, financeiramente falando! Melhor juntar uma grana e comprar um que valha a pena! Muito bons os esclarecimentos!
    Abraço!
    Rafa

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s