Lembre-se: você viu primeiro no supercaras.com!

O ano de 2012 chegou e passou, pelo menos no cinema. Acredito que muita gente concorda comigo quando digo que a melhor parte do filme 2012, de Roland Emmerich, é a participação de um blogueiro muito engraçado, chamado “Charlie Frost”, interpretado pelo meu amigo feio pra caramba simpático Woody Harrelson.

Sou feinho mas pego todas!

Como sou o cara mais atrasado da Internet, só agora, somente agora, vi os “virais” da produtora do filme que foram postos no YouTube. Como esse aí em baixo:

O interessante da personagem de Woody, um blogueiro do tipo Zé do Apocalipse, é que ele tem uma espécie de bordão ou slogan: “Always remember, you heard it first from Charlie Frost!”, algo como “E lembre-se: você ouviu primeiro do Charlie Frost!”

A arte imita a vida. Para você ver como é dura a vida de um blogueiro: mesmo estando a beira do apocalipse, é preciso lembrar a todo o mundo quem é o detentor dos direitos, quem escreveu o post original!

Resolvi falar sobre isso porque fiquei um pouco impressionado ao ver o meu post “9 maneiras de jogar dinheiro fora” sendo copiado a torto e a direito pela Internet a fora.

Tudo bem, convenhamos, é um post fraquinho, uma piadinha (meio séria) e, além do mais, eu mesmo autorizo a cópia sob certas condições, de acordo com minha licença. Mas houve abuso. Inclusive fizeram hotlink das imagens do post e eu corri configurar direito o servidor de medo que o blog caísse. Talvez eu tenha exagerado. Sou um cara exagerado!

Enfim, não vou brigar com nenhum blog vampiro por causa disso, mas que fiquei perplexo, fiquei.

Como um bom blogueiro novo que acho que sou, acredito ter feito parte da minha lição de casa ao pesquisar alguma coisa sobre os direitos de cópia, pirataria de posts, essas coisas. Vi e vejo que muitos blogueiros batem o pé e fazem beicinho quando seus maravilhosos posts são copiados. Tudo bem, é esperada essa reação, mas é preciso ter a clara certeza de que é impossível não ser plagiado quando se escreve um texto minimamente decente.

Ora, vamos ser realistas: não importa o que esteja escrito na licença de copyright do seu blog, os blogueiros vampiros não lêem licenças de copyright, ok? Vão copiar sem dó se for algo interessante que possa trazer tráfego para os blogs deles.

Eu optei por uma licença mais ou menos liberal, de maneira que quem queira usar esses textos de forma honesta e útil possa fazê-lo sem infringir nenhuma regra.

Logicamente, enquanto isso, os plagiadores fazem o que querem. O que você espera? Que a justiça divina se abata sobre a Internet? Quem fizer questão de não ser plagiado, copiado, ter suas idéias adulteradas, usadas para o mal e etecetera, não deve publicar nada nessa rede. Simples assim.

Eu e o Charlie, depois dele me dar as boas notícias.

Mas e o Charlie?

Infelizmente, o Charlie evaporou quando a moda e o frescor do filme acabaram. Veja o “blog abandonado” dele em português e o original em inglês. Talvez ele reapareça em 2012. Talvez a única coisa verossímil no filme seja a preocupação de Charlie com os blogueiros chupões. Pensando bem, who cares?

Se você tem alguma dúvida sobre o que acontecerá com você, eu e o Charlie em 2012 leia esse post.

Mas lembre-se: você viu primeiro no supercaras.com!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s